Pão Caseiro sem Sova

Pão Caseiro sem Sova Rústico e saudável, aprenda a fazer, usando simples ingredientes, sem adição de melhoradores ou conservantes

Conhecido como pão caseiro, pão rústico, pão ao levain, pão artesanal, pão de cristo, pão simples, pão cascudo, pão tipo italiano (apesar de não ser pão italiano).
Aqui vamos ensinar a fazer um delicioso pão artesanal, com uma boa hidratação, proporcionando um pão saudável e bem alveolado.

Compartilhe com alguém especial 😍

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
(5,00 de 5, total de 1 votos)
Loading...

Vai cozinhar para muitas ou poucas pessoas?

Configure a receita de acordo com as suas necessidades

Ingredientes

#IngredienteQuantidade

Conversão (equivalente)

1

Farinha de trigo

170 340 680 1020 g 1.4 2.8 5.7 8.5 xícara(s)
2

Água

112 224 448 672 ml 0.5 0.9 1.9 2.8 xícara(s)
3

Fermento biológico fresco

ou 1 pitadinha de fermento seco

1.5 3 6 9 g
4

Sal

3.5 7 14 21 g 0.7 1.4 2.8 4.2 Colher de chá

Hora de Cozinhar

  1. Misture a farinha de trigo e a água em um bowl com uma colher de pau até que fique bem grudento
  2. Você pode usar uma espátula para ajudar a desgrudar a massa que fica grudada na colher
  3. Coloque em uma sacola plástica ou cubra com papel filme e também cubra com 1 ou 2 panos de prato, espere por 1 a 2 horas.
  4. Esse processo se chama Autólise, isso ajuda a desenvolver o glúten e a elasticidade da massa.
  5. Após esse período vamos adicionar o fermento, lembrando que o sal retarda a fermentação por isso vamos adicionar separadamente.

Misturando o fermento e o sal na massa

  1. Espalhe bem o fermento por cima da massa no bowl (tigela, vasilha)
  2. IMPORTANTE: Separe um potinho com água ao lado para molhar bem as mãos ao tocar na massa.
  3. Molhe a mão, e começa aqui os processos de dobra, é dessa forma que sempre irá manusear a massa.
  4. Das bordas para o centro, comece a dobrar a massa sobre ela mesma, dessa forma o fermento vai se misturando e a massa vai ficando cada vez mais elástica.
  5. Após sentir que está bem misturada, tampe novamente com um plástico para a massa não ressecar e cubra com pano de prato
  6. Deixe a massa descansar por 30 minutos.
  7. Depois de aguardar, repita o processo de mistura para o sal e aguarde mais 30 minutos

Etapas de dobra

  1. Como já foi citado acima, nessas horas você já sabe como funcionam as dobras.
  2. Dobre a massa algumas vezes
  3. Aguarde 30 minutos
  4. Repita o processo de dobra por pelo menos 4 vezes
  5. Isso vai desenvolver ainda mais o glúten

Modelagem e Fermentação

  1. Faça a última dobra na massa formando uma bola, deixe a junção para baixo.
  2. Polvilhe farinha de trigo por cima da massa.
  3. Separe uma cestinha furadinha, pode ser uma cestinha de vime, os padeiros profissionais normalmente usam um utensílio chamado Banneton, mas é muito difícil achar no Brasil, e quando acha é muito caro. mas pode ser improvisado usando um escorredor de macarrão, uma peneira, se não tiver utilize o próprio bowl que fez a massa mesmo.
  4. Coloque um pano limpo dentro do bowl cobrindo toda a parte interna
  5. Polvilhe farinha de trigo por cima do pano, isso vai ajudar a não grudar.
  6. A parte “lisa” da massa modelada estará para cima, e a parte das junções estará para baixo
  7. Você precisa colocar a parte lisa da massa em contato com o pano de prato polvilhado com farinha, ou seja a massa vai ficar de cabeça para baixo na cestinha
  8. Cubra com 1 ou 2 panos de prato, e coloque dentro de uma sacola plástica.
  9. O recomendado agora é levar para a geladeira por pelo menos 12 horas, para que as reações químicas ocorram.
  10. Mas caso esteja com muita pressa, espere pelo menos 2 horas para que ele cresça.

Fazer pão não é uma tarefa difícil, mas exige um certo planejamento com os horários, minha recomendação é: Comece a fazer cedo para assar a noite, ou comece a fazer no fim da tarde para assar no dia seguinte.

Assando o Pão

  1. Pré-aqueça o forno na temperatura máxima (normalmente entre 250° a 280°) 30 minutos antes.
  2. Para assar o pão, será necessário gerar vapor dentro do forno, para fazer isso, ferva um pouco de água, coloque uma segunda assadeira dentro do forno na parte de baixo e despeje água fervendo nela.
  3. Unte a assadeira do pão com manteiga, margarina ou óleo
  4. Vire o pão sobre a assadeira delicadamente, (como se fosse desenformar um bolo em um prato), retire o pano com cuidado.
  5. Usando uma lâmina de barbear (se encontra facilmente em farmácias) faça um corte de fora a fora e profundo no pão, se o pão estiver em formato redondo, recomento um corte em cruz, mas fique livre para riscar o pão como achar melhor.
  6. Coloque-o rapidamente no forno, cronometre 15 minutos
  7. Após os 15 minutos iniciais retire a assadeira com água e aproveita para virar a assadeira do pão para assar por inteiro
  8. E novamente vamos esperar mais 15 minutos, fique de olho pois a temperatura de forno pode variar.

O final glorioso

  1. Após em média 30 minutos no total assando o pão… o Pão ainda não está pronto 😑
  2. Mas calma, separe uma grade, pode ser a gradinha da boca do fogão
  3. Coloque o pão em cima da grade para esfriar por mais… adivinhe… sim, 30 minutos.
  4. É importante esperar, pois a temperatura interna do pão está MUITO quente e ele está terminando de assar mesmo fora do forno.
  5. Atenção! Manipule a forma e o pão sempre com muita atenção e usando luvas térmicas.

Agora sim, chegou o momento tão aguardado e especial, o momento de muito orgulho, a hora de cortar o seu próprio pão. Fazer pão é um ato de amor e satisfação própria, é relaxante e acalma a alma. experimente dobrar a receita e dar um pão para uma pessoa especial.

Agora é hora de passar aquela manteiguinha no pão e saborear o melhor pão da sua vida, o pão feito por você mesmo(a).

 

  Pães